Logo Vejapixel

Como verificar links quebrados no meu site?

Tópicos

Verificar links quebrados é um processo indispensável para qualquer webmaster. Pode até parecer uma chateação burocrática, mas o prejuízo de deixar esses endereços eletrônicos com erros dentro do site sobressai a essa aparente “perda de tempo”.

Sem contar que, ao contrário do que muita gente pensa, não é difícil e nem demorado. Para te ajudar com isso, hoje trouxemos um guia simples e objetivo sobre o assunto, então, leia até o final e não perca nenhum detalhe.

O que são links quebrados?

Links quebrados (broken links), também conhecidos como links inativos ou links mortos, são URLs que não levam a uma página válida na web. De fato, eles podem ocorrer por vários motivos, como:

  • Páginas removidas ou renomeadas: quando uma página é excluída ou seu URL é alterado, os links que apontavam para ela se tornam quebrados;
  • Erros de digitação: se um link contém erros de digitação no URL, ele não funcionará corretamente;
  • Migrações de site: durante a migração de um site para um novo domínio ou plataforma, os links podem ficar desatualizados;
  • Problemas de servidor: se o servidor que hospeda a página estiver inativo ou com problemas, os links podem não funcionar.

Qual o impacto dos links quebrados no SEO?

Links quebrados podem ter um impacto negativo significativo no SEO de um site. Quando os mecanismos de busca, como o Google, rastreiam um site e encontram links com erros, interpretam isso como um sinal de que o site não é “bem cuidado”, digamos assim. E isso pode afetar a classificação do site nos resultados de pesquisa, uma vez que o algoritmo prioriza exibir sites mais saudáveis para os usuários.

Veja algumas razões pelas quais os links quebrados são problemáticos e requerem atenção:

  • Experiência do usuário (UX): quando um usuário clica em um link quebrado, é direcionado para uma página de erro 404. Isso frustra o visitante e prejudica a experiência geral no site;
  • Autoridade e relevância: os buscadores como o Google consideram links quebrados como sinais de baixa qualidade e relevância. Por isso, sites com muitos links inativos podem ter sua autoridade comprometida, o que afeta seu ranqueamento nos motores de busca.
  • Taxa de rejeição: links quebrados aumentam a taxa de rejeição, pois os usuários abandonam o site rapidinho quando encontram páginas de erro.

Ferramentas para verificar links quebrados

Felizmente, você não precisa checar link por link do seu site para saber quais estão com erros. Em vez disso, pode usar ferramentas digitais que fazem isso por você. Existem muitas delas, mas duas que se destacam são o Ahrefs e a SemRush.

O Ahrefs é uma ferramenta muito conhecida por sua análise detalhada de backlinks. No entanto, ao longo dos anos, expandiu suas funcionalidades. Além de análise de links, o Ahrefs oferece recursos como:

  • Pesquisa de pesquisa de palavras-chave;
  • Análise de concorrentes em termos de SEO e campanhas PPC;
  • Ferramentas técnicas de SEO (como auditoria de site);
  • Aompanhamento de classificação (autoridade do site).

Portanto, é um bom aliado para quem deseja focar em análise de links e SEO.

Por outro lado, o Semrush começou como uma ferramenta de SEO, mas agora oferece um conjunto completo de software de marketing digital. Além da análise de palavras-chave, o Semrush inclui recursos para otimização de conteúdo, análise de concorrentes em SEO e campanhas PPC, análise de arquivos de log e ferramentas para publicidade paga (PPC) e criação de conteúdo. Sua base de dados é ampla e suas funcionalidades são abrangentes.

Ambas as ferramentas têm seus pontos fortes e são adequadas para diferentes cenários de uso, o que inclui verificar links quebrados.

Como usar o verificador de links quebrados?

Agora que já vimos duas das melhores ferramentas para verificar links quebrados, vamos mostrar passo a passo como usar cada uma delas.

1. SemRush

  • Acesse a página da SemRush, faça login na sua conta (ou crie uma, caso não tenha) e vá para a seção “Auditoria do Site”;
  • Insira o domínio do seu site e clique em “Iniciar auditoria”;
  • A ferramenta verificará seu site em busca de links quebrados. Então, explore a seção “Erros” para encontrar os links inativos identificados;
  • Na lista de erros, localize os URLs que retornam códigos de erro, como 404 (página não encontrada) ou 500 (erro interno do servidor).
  • Atualize os URLs quebrados, redirecionando-os para páginas válidas. Se necessário, remova links que não têm solução.
  • Após as correções, execute novamente a auditoria para garantir que todos os links estejam funcionando corretamente.
Use a SemRush para verificar links quebrados do seu site

2. Ahrefs

  • Acesse o Ahrefs Site Explorer. Você pode fazer uma pesquisa com o termo “Ahrefs Site Explorer” no Google e clicar no primeiro resultado. Em seguida, faça login na sua conta Ahrefs e acesse o Site Explorer;
  • Insira o domínio do seu site na barra de pesquisa e clique em “Pesquisar”.
  • No menu à esquerda, vá para “Links de Saída”, e então, “Links Quebrados”;
  • Nesse relatório, você verá uma lista de todas as páginas que contêm links quebrados para outros sites;
  • A razão para um link estar quebrado é indicada por uma marcação vermelha sob as colunas “Âncora” e “Link”;
  • Analise os links quebrados encontrados e tome medidas para corrigi-los;
  • Você pode atualizar, redirecionar ou remover os links inativos.
O Ahrefs também tem ferramentas gratuitas e pagas para fazer auditorias de links

Boas práticas para manutenção de links

Tão importante quanto aplicar ações corretivas nos links quebrados em seu site é manter sua linkagem saudável. Nesse sentido, veja a seguir algumas dicas essenciais que você deve seguir para evitar prejudicar a experiência do usuário e as penalidades pelos motores de busca.

Verificação regular

Uma solução ideal é programar auditorias periódicas, que ajudam a identificar links quebrados, redirecionamentos inadequados e outras questões. Para isso, você pode usar as ferramentas que mostramos, a SemRush ou o Ahrefs, e se manter proativo na manutenção dos links. 

Redirecionamentos adequados

Quando uma página é removida ou renomeada, os redirecionamentos adequados são essenciais para manter a integridade dos links. O redirecionamento 301 é o mais comum e indica que a página foi permanentemente movida para uma nova URL. 

Isso direciona os usuários e os motores de busca automaticamente para a nova localização. Por outro lado, evite redirecionamentos em cadeia, pois eles ter um efeito contrário no desempenho do site. 

Certifique-se de que os redirecionamentos sejam configurados corretamente para evitar links quebrados e melhorar a experiência do usuário e o SEO.

Uma dica para fazer esse redirecionamento de forma automática é instalar e ativar um plugin próprio para isso em seu site, como o 301 Redirects ou o AIOSEO.

Evite links internos quebrados

Manter os links internos funcionando corretamente também é muito importante para a usabilidade e a experiência do usuário em seu site. Por isso, verifique todos os links internos do seu site usando as dicas que demos, ao menos a cada 3 meses e certifique-se de que eles apontem para páginas válidas e relevantes.

Ademais, sempre que fizer alterações na estrutura do site, como mudança de tema, migração para outro serviço de hospedagem, etc, atualize os links internos. Páginas renomeadas ou movidas também devem ter seus links ajustados.

Evite usar URLs dinâmicas (com parâmetros como “?id=123”) em links internos, e opte por URLs amigáveis e descritivas.

Alguns plugins do WordPress, como Broken Link Checker, podem ajudar a identificar links internos inativos. Aliás, você pode até mesmo configurá-lo para que envie alertas em seu email caso haja algum problema com sua linkagem interna. Para isso, no momento de configurar o plugin, após instalá-lo, coloque seu endereço de email e autorize o disparo de mensagens.

Evite links externos quebrados

Não são só os links internos que você deve monitorar, mas também os externos. Assim sendo, você deve usar nossas dicas para checar os backlinks que você têm, isto é, os apontamentos que os outros sites fazem para o seu. 

Afinal, se esses apontamentos forem para páginas de erro, de nada vai adiantar para seu ranqueamento. Sem contar que os sites de origem podem retirar os links. Também cheque os links externos para os quais você linka, para se certificar de que eles estão indo mesmo para páginas saudáveis.

Monitoramento de conteúdo compartilhado

O monitoramento de conteúdo compartilhado também é essencial para garantir que os links externos em suas postagens, redes sociais ou outros canais estejam atualizados e funcionando corretamente.

Alguns serviços, como o Google Analytics, podem ajudar a rastrear o desempenho dos links compartilhados. Você pode acessar o Google Analytics pelo painel de controle do seu site e ver os links diretos de redes sociais e outras origens para ver se eles realmente estão direcionando para as páginas certas.

Evite links desnecessários

Evite incluir links desnecessários, pois eles podem confundir os usuários e prejudicar a experiência. Veja algumas dicas importantes nesse sentido:

  • Relevância: inclua apenas links que sejam relevantes para o contexto do seu conteúdo e evite direcionar os usuários para páginas que não agregam valor;
  • Qualidade sobre quantidade: priorize a qualidade dos links em vez da quantidade. Isso porque um link relevante e bem explicado é mais valioso do que vários links que não agregam em nada para o usuário;
  • Verificação regular: periodicamente, verifique os links em suas postagens e remova os que não são mais relevantes.

Teste em diferentes dispositivos

Testar em diferentes dispositivos também é fundamental para garantir que seu site funcione corretamente em várias plataformas. Na hora de publicar o post, clique em “Visualizar” e mude o formato para computador e, depois, para celulares ou tablets. Visualize a postagem em ambas as formas, clique nos links e veja se eles abrem corretamente.

Você também pode simplesmente abrir o post no seu celular depois de publicar pelo computador e fazer essa checagem. Caso você publique posts em massa ou tenha mais redatores trabalhando na produção de conteúdo, pode checar por meio de amostragem aleatória. Isso nada mais é que escolher alguns posts aleatórios para abrir no celular de tempos em tempos.

Monitore relatórios de erros

Acompanhar relatórios de erros é outra prática essencial para verificar links quebrados no site, pois permite que você identifique problemas rapidamente e tome medidas corretivas. Alguns passos importantes incluem:

  • Configuração de alertas: defina alertas para receber notificações quando erros ocorrerem. Isso permite que você aja prontamente e minimize o impacto nos usuários;
  • Análise detalhada: examine os relatórios de erros para entender a natureza dos problemas e priorize correções com base na gravidade e frequência.
  • Teste as correções: após fazer alterações, teste-as para garantir que os erros tenham sido resolvidos.

É claro que todas essas medidas demandam tempo e dedicação. Porém, podem ser determinantes para o sucesso das suas estratégias. Portanto, coloque essas dicas em prática e não negligencie o processo de verificar links quebrados do seu site!

Autor:

Estudante de Marketing Digital, Tecnólogo, pela Faculdade Anhanguera, de Leme-SP, com diversas certificações na área e simplesmente apaixonada pela Redação Web. Casada, mãe e aprendiz da vida!

Quer receber mais conteúdo como esse?

Inscreva-se e receba em seu e-mail as melhores dicas para gerar mais tráfego e venda para o seu site.

O seu e-mail estará seguro e você poderá removê-lo quando quiser.
Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários

Aumente o Tráfego Orgânico do seu site

Invista em link building e seja melhor posicionado nos resultados de busca do Google, Bing, Yahoo e outros buscadores.

undraw growing - homem e gráfico crescente
0
O que achou deste conteúdo? Comente!x
Categorias:
Compartilhe: