Logo Vejapixel

Tipos de links: quais são e como eles afetam seu site

Tópicos

Quando falamos em estratégias de marketing digital, precisamos lembrar que os sites são uma parte essencial delas. Nesse sentido, os diferentes tipos de links podem afetar diretamente o ranqueamento nas SERPs dos buscadores como o Google e, assim, impactar seus resultados e sua receita.

Assim sendo, é muito importante conhecer os tipos de links que existem para saber como usar cada um deles da forma correta e maximizar o desempenho do site, ao mesmo tempo em que se previne problemas. Por esse motivo, hoje vamos te explicar tudo sobre links, quantos tipos existem, qual o papel de cada um deles no seu ranqueamento e muito mais. Então, não deixe de ler até o final para não perder nada importante.

O que são links?

Links são conexões clicáveis que usamos dentro de um conteúdo, as quais levam para outro ponto na Internet. Esse ponto pode ser dentro do seu próprio site ou fora dele.

Por meio dos links, os usuários podem navegar de uma página para outra sem precisar sair e realizar uma nova pesquisa. O que acelera o processo e melhora muito sua experiência. Aliás, esse é um dos principais motivos pelos quais o Google e outros motores de busca veem com tão bons olhos uma boa estrutura de linkagem, sendo esse um dos fatores de ranqueamento em suas SERPs.

Backlink

Baclinks são um tipo especial de links, onde outro site coloca um apontamento para o seu. Por exemplo, vamos supor que você tenha um texto sobre comida cachorros de raça pequena. Então, um site desse mesmo nicho (o de pets) produz um conteúdo onde ele menciona o termo “comida para cachorros de raça pequena” e coloca um link para o seu texto nesse termo.

Com isso, o usuário daquele site pode clicar nesse texto âncora e ir direto para o seu. Quando isso acontece, se o webmaster do site de origem configurou seus links externos como “dofollow”, você vai ganhar uma parte da autoridade dele, a qual se transfere por meio dos backlinks.

Veja a seguir mais detalhes sobre isso.

Tipos de links: Dofollow e Nofollow

Já falamos sobre os backlinks, como eles funcionam e como podem ou não transmitir autoridade para o seu, certo? Agora vamos explicar a diferença entre os links dofollow e nofollow.

Dofollow

Os links dofollow são o tipo padrão de link e transmitem autoridade de um site para outro, o que no marketing digital chamamos de link juice. Quando um site A linka para um site B com um link dofollow, ele está efetivamente dizendo aos motores de busca que confia no site B e que o conteúdo é valioso ou útil.

Assim sendo, a importância dos links dofollow para o ranqueamento de um site é gigantesca. Isso porque eles ajudam a construir a autoridade de domínio dele, o que é um fator crucial para os algoritmos de motores de busca como o Google. Assim, quanto mais links dofollow de alta qualidade um site recebe, maior é a probabilidade de ele subir nas classificações de pesquisa.

Nofollow

Já os links nofollow também são uma parte vital da estrutura de links de um site, mesmo atuando como um sinal para os motores de busca de que um link específico não deve transmitir autoridade. Eles são usados quando um webmaster deseja fornecer um link para um site ou página, mas não quer endossar completamente o conteúdo ou passar valor de SEO.

A tag nofollow foi introduzida pelo Google em 2005 para ajudar a combater o spam de comentários e a manipulação de rankings. Desde então, tornou-se uma prática comum para links em comentários de blogs, fóruns, e em certos anúncios ou patrocínios pagos. Assim, ao marcar um link como nofollow, os webmasters podem direcionar o tráfego para o site vinculado sem influenciar o algoritmo de classificação do motor de busca.

É importante notar que, embora os links nofollow não contribuam diretamente para o ranqueamento de um site nos motores de busca, eles ainda têm valor. Afinal, eles podem gerar tráfego direto e aumentar a visibilidade do site. Além disso, um perfil de link natural e diversificado, que inclui tanto links dofollow quanto nofollow, é visto como mais confiável pelos motores de busca.

Portanto, enquanto os links dofollow são essenciais para passar autoridade, os links nofollow são importantes para manter um perfil de link saudável e para direcionar o tráfego de maneira eficaz, sem violar as diretrizes dos motores de busca. É uma prática equilibrada de linkbuilding que considera tanto a otimização para motores de busca quanto a experiência do usuário.

Links internos

Os links internos são conexões entre páginas no mesmo domínio. Eles são fundamentais para a navegação em um site, pois ajudam os usuários a encontrar conteúdo relevante e melhoram a experiência do usuário. 

Do ponto de vista do SEO, os links internos permitem que os motores de busca rastreiem o site de forma mais eficiente, pois eles conseguem entender a estrutura do site e a hierarquia das informações.

Além de facilitar a indexação das páginas pelos motores de busca, os links internos distribuem o link juice por todo o seu site. Isso significa que páginas com muitos links internos apontando para elas podem ter um melhor ranqueamento nos resultados de pesquisa, pois são vistas como mais importantes.

Para usar uma estratégia eficaz de links internos, algo muito importante é usar palavras-chave contextuais no texto âncora, o que ajuda a reforçar para os motores de busca sobre o que trata a página de destino. Também é importante garantir que os links internos sejam lógicos e úteis, evitando o excesso de links que podem confundir tanto os usuários quanto os buscadores.

Links externos

Os links externos, quando você coloca um link do seu site para outro, são uma parte importante da estratégia de SEO e da experiência do usuário. Eles são valiosos por várias razões:

  1. Relevância e valor para o usuário: links externos podem direcionar seus usuários para recursos adicionais que complementam ou aprofundam o conteúdo do seu site. Com isso, você aumenta o valor percebido do seu conteúdo e melhora a satisfação do usuário;
  2. Construção de relacionamentos: quando você linka para outros sites, pode construir relacionamentos com outros webmasters, o que pode levar a oportunidades de parcerias, como guest posts ou campanhas conjuntas;
  3. Melhoria da autoridade: links externos para fontes confiáveis e autoritativas podem melhorar a credibilidade do seu próprio site. Isso porque o Google e outros motores de busca veem isso como um indicativo de que você está fornecendo conteúdo de qualidade e que se preocupa em oferecer a melhor informação possível;
  4. SEO e buscadores: os motores de busca utilizam links externos como um dos muitos fatores para determinar a relevância e a autoridade de um site. Assim, links para sites respeitados e relevantes podem ajudar a melhorar a visibilidade do seu site nos resultados de pesquisa;
  5. Compartilhamento de tráfego: embora o objetivo principal não seja enviar tráfego para outros sites, links externos bem colocados podem levar a um tráfego recíproco se os sites vinculados decidirem linkar de volta para o seu site.

Qualidade é mais importante em todos os tipos de links

É importante notar que a qualidade dos links externos é mais importante que a quantidade. Linkar para sites de baixa qualidade ou não relacionados pode prejudicar a sua classificação nos motores de busca. 

Portanto, escolha com cuidado os sites para os quais você linka, e garanta que eles sejam relevantes e confiáveis. Além disso, uma dica importante configurar links externos para abrirem em uma nova aba do navegador, para manter os usuários no seu site enquanto permite a eles acesso a recursos externos.

Anchor text

O texto âncora, ou anchor text em inglês, é o texto visível e clicável de um link. Ele é muito importante tanto para os usuários quanto para os motores de busca, pois fornece uma indicação do conteúdo da página para a qual o link está direcionando. Assim sendo, um bom texto âncora deve ser:

  • Descritivo e relevante para a página de destino;
  • Ajudar a melhorar a experiência do usuário;
  • Contextualizar o assunto para os motores de busca.

Falando em motores de busca, o texto âncora ajuda eles a determinar sobre o que é a página vinculada e como ela deve ser classificada para certas palavras-chave. Portanto, textos âncora genéricos como “clique aqui” ou “página” são menos úteis do que textos descritivos que utilizam palavras-chave relevantes.

No entanto, é importante evitar a superotimização, onde o mesmo texto âncora é usado em excesso para links apontando para a mesma página, o que pode parecer uma técnica de manipulação para os motores de busca. A chave é manter um equilíbrio- nem de mais e nem de menos- e garantir que o texto âncora seja útil e informativo para quem está navegando.

Linkbuilding e algoritmos de pesquisa

Dentro dos tipos de link, o linkbuilding reúne todos eles, sendo uma técnica fundamental de SEO. Por isso, tem um impacto significativo nos algoritmos de pesquisa. 

Como você deve saber, os motores de busca como o Google, utilizam algoritmos para determinar a relevância e a autoridade de uma página na web. E os links são um dos principais fatores considerados por esses algoritmos, pois indicam a popularidade e a confiabilidade de um site.

Quando um site recebe um grande número de links de qualidade, os algoritmos interpretam isso como um sinal de que o conteúdo é valioso e merece uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa. O linkbuilding, portanto, envolve estratégias para aumentar o número de backlinks de alta qualidade apontando para um site, o que pode melhorar significativamente a sua visibilidade nos motores de busca.

No entanto, os algoritmos de pesquisa estão em constante evolução e se tornaram mais sofisticados na detecção de práticas de linkbuilding artificiais ou manipulativas. Eles buscam padrões naturais de linkagem e valorizam links que são ganhos de forma orgânica. Por isso, é importante que as estratégias de linkbuilding sejam éticas e focadas na criação de conteúdo de alta qualidade que atraia links naturalmente.

Estratégias de aquisição de links

Já vimos que o linkbuilding é essencial se você quiser chegar ao topo do Google. E também manter entre os melhores para atingir um público maior e, claro, ganhar mais dinheiro na Internet. Veja algumas das melhores práticas para atingir esse objetivo sem ferir as diretrizes dos motores de pesquisa:

  1. Produção de conteúdos relavantes: produzir artigos, infográficos, vídeos e outros conteúdos que sejam tão bons que as pessoas naturalmente queiram compartilhá-los e linká-los;
  2. Guest posting: escrever e publicar artigos em blogs ou sites relevantes do seu nicho, incluindo um link de volta para o seu site;
  3. Broken link building: identificar links quebrados em sites relevantes e sugerir conteúdo do seu próprio site como um substituto viável;
  4. Skyscraper: encontrar conteúdo popular em seu nicho que tenha muitos links, criar algo ainda melhor e então alcançar os sites que linkaram para o conteúdo original;
  5. Parcerias e colaborações: estabelecer relações com influenciadores e outros sites do seu nicho para obter links através de parcerias ou trocas de conteúdo;
  6. Comentários em blogs e fóruns: participar ativamente de discussões em blogs e fóruns relacionados ao seu nicho, deixando comentários valiosos e links quando apropriado;
  7. Linkbaiting: criar conteúdo que seja controverso, novo ou extremamente útil, para incentivar outros a linkar para ele;
  8. Social media e compartilhamento: utilizar plataformas de mídia social para compartilhar seu conteúdo e encorajar outros a linkar para ele.

É importante lembrar que, para uma estratégia de aquisição de links ser bem-sucedida, é preciso focar na qualidade e relevância dos links, não apenas na quantidade. Afinal, links de sites confiáveis e de alta autoridade terão um impacto muito maior no ranqueamento do seu site do que muitos links de fontes de baixa qualidade.

Como avaliar a qualidade dos tipos de links

Para garantir que sua estratégia de link building está surtindo os efeitos que você espera, avaliar a qualidade dos links é essencial. Nesse sentido, existem vários critérios que você pode usar para determinar a qualidade de um link, como:

Autoridade do domínio

Links de sites com DA mais alto são geralmente mais valiosos. Você pode usar ferramentas como Moz’s Domain Authority ou Ahrefs’ Domain Rating para ajudar a avaliar isso. Basta acessar a plataforma e inserir o endereço do site que você deseja checar na caixa de pesquisa.

Materiais relevantes

O conteúdo da página que fornece o link deve ser relevante para o conteúdo da sua página. Isso porque os links de páginas com temas semelhantes são mais benéficos. Por exemplo, se seu site é de beleza, um hiperlink de um blog de culinária pode não trazer tanto resultado quanto outro do mesmo nicho.

Qualidade do conteúdo e posição dos links

Um link de uma página com conteúdo de alta qualidade e bem pesquisado também é mais valioso do que um de uma página de baixa qualidade ou spam. Além disso, links no corpo principal do conteúdo costumam ser mais eficazes do que aqueles em rodapés ou barras laterais.

Texto âncora

O texto âncora deve ser natural e relevante para o conteúdo da página de destino. Como já vimos, textos âncora genéricos ou superotimizados podem ser prejudiciais em vez de ajudar.

Diversidade de links

Um perfil de backlink diversificado, com links vindos de diferentes tipos de sites, indica naturalidade e confiabilidade. Então, dê preferência em diversificar sua estratégia ao invés de adquirir backlinks de uma fonte só.

Comportamento do usuário e tipo do conteúdo

Os links que geram tráfego real e engajamento do usuário são bons indicativos de qualidade. O fator freshness, ou seja, links frescos ou recentes, podem ser mais valiosos do que links antigos. Principalmente se o conteúdo for evergreen, ou seja, atemporal.

Links recíprocos e contexto social

Trocas excessivas de links podem ser vistas como manipulação, então, é importante que haja um equilíbrio. Por outro lado, links provenientes de fontes com boa reputação nas redes sociais podem indicar maior qualidade. Por isso, cheque as redes do webmaster e do site com o qual você deseja estabelecer parcerias.

Monitoramento e análise dos diversos tipos de links

Além de fazer essa análise de qualidade antes, é importante monitorar o andamento da sua estratégia de forma constante. Afinal, isso permite identificar oportunidades de melhoria e detectar possíveis problemas que possam afetar o ranqueamento do site.

Existem várias ferramentas digitais para monitorar backlinks, como Ahrefs, Moz e SEMrush. Elas fornecem informações detalhadas sobre os links que apontam para um site. Incluindo a autoridade do domínio, a relevância do conteúdo e o texto âncora utilizado.

Realizar auditorias de links pelo menos a cada três meses é ideal para garantir a qualidade do perfil de backlinks de um site. Por meio delas, dá para verificar se há links quebrados, avaliar a qualidade dos sites de origem e analisar a diversidade dos tipos de links.

Aliás, essas mesmas ferramentas oferecem recursos para entender o perfil de link dos concorrentes e ter insights sobre o que está funcionando bem em seu nicho, para que você ajuste sua própria estratégia conforme necessário. Para isso, basta inserir o domínio de outro site em vez do seu.

Também é importante estar atento aos novos backlinks adquiridos, pois isso pode indicar o sucesso de uma campanha recente ou mostrar que é preciso tomar alguma medida para rejeitar se os links forem de baixa qualidade.

Como conseguir os tipos de links certos mesmo sendo iniciante

Já vimos como cada um dos tipos de links têm o seu papel na estratégia de SEO de um site. E como é preciso avaliá-los e monitorá-los para que os resultados sejam o mais satisfatórios possível. No entanto, alguns tipos de link, como os backlinks não são tão simples de se conseguir, principalmente se você é iniciante.

Ao contrário dos links internos e externos, que você mesmo põe em seus conteúdos, esses dependem de outros webmasters, o que torna essa parte da estratégia mais complexa para se fazer sozinho. A boa notícia é que você não tem que fazer isso sozinho, pois podemos te ajudar! Temos contato com sites de grande veiculação e alto nível de autoridade, de todos os nichos e subnichos. Então, com certeza compatível com o seu. E o melhor é que todos eles estão disponíveis para parcerias de backlinks. 

Assim sendo, coloque nossas dicas sobre os tipos de links em prática! Além disso, entre em contato conosco e veja como podemos te ajudar a chegar no topo do Google rapidamente!

Autor:

Estudante de Marketing Digital, Tecnólogo, pela Faculdade Anhanguera, de Leme-SP, com diversas certificações na área e simplesmente apaixonada pela Redação Web. Casada, mãe e aprendiz da vida!

Quer receber mais conteúdo como esse?

Inscreva-se e receba em seu e-mail as melhores dicas para gerar mais tráfego e venda para o seu site.

O seu e-mail estará seguro e você poderá removê-lo quando quiser.
Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários

Aumente o Tráfego Orgânico do seu site

Invista em link building e seja melhor posicionado nos resultados de busca do Google, Bing, Yahoo e outros buscadores.

undraw growing - homem e gráfico crescente
0
O que achou deste conteúdo? Comente!x
Categorias:
Compartilhe: